terça-feira, 5 de junho de 2012

Contos de aventura




Apresentação


Alunos: Fábio, Gileno Júnior e Henrique.

Resolvemos criar esse blog de contos de aventuras, para estimular a arte de ler, pois a leitura é muito importante nas vidas de todas as pessoas, quando lemos usamos a nossa imaginação o que faz nós viajarmos nas histórias, pensarmos que somos os personagens e agirmos na nossa imaginação como eles, esses contos que você vai ler também vai fazer com que você entre na história e goste da leitura, pois ela é fundamental na vida de todas as pessoas.





A procura do ouro e da felicidade
Autor: Gileno Júnior.
Um aventureiro muito esperto saiu em busca de ouro em uma mina, que só ele sabia que existia.
O jovem aventureiro partiu da Bahia até Minas Gerais, a cavalo, ele andava, andava, andava depois descansava um pouco, essa viagem durou dois dias e meio.
Quando chegou ao seu destino, o aventureiro, que se chamava Bob, foi logo à procura de sua mina, a cidade que ele estava era pequena. Então não demorou muito para achar a mina.
Ele entrou na mina de ouro, e lá dentro percebeu o movimento de uma pessoa, e perguntou:
_Quem está aí? Qual é o seu nome?
_Meu nome é John, eu moro nessa mina. Respondeu a pessoa misteriosa.
_Desculpe-me, eu vim à procura de ouro. Disse Bob.
_Não há ouro aqui, o verdadeiro ouro está em você, que é a sua felicidade.
Bob descobriu que ouro, dinheiro não trás felicidade, pois ela tem que vim dele mesmo.




A aventura sobre quatro rodas
Autor: Gileno Júnior.
Quatro jovens aventureiros partiram em uma corrida para irem até uma montanha onde morava um gigante, que fazia o terror das cidades que se localizavam ao redor da montanha.
Eles tiveram que percorrer, com sua Ferrari, 900 quilômetros até a montanha, em uma velocidade muito alta, chegaram lá em três horas e meia.
Eles entraram na cidade do gigante, e foram atrás dele, ele estava destruindo as casas da cidade, quando viram o gigante, andaram o mais rápido possível até o pé do gigante e tiveram uma ideia, pegar uma corrente de ferro e derrubar o gigante, e foi o que fizeram.
Quando o gigante caiu, bateu a cabeça em uma árvore e morreu na hora.
O prefeito da cidade pagou como recompensa, por terem matado o gigante um milhão em barras de ouro.








O meio ambiente em primeiro lugar.

Autor: Gileno Júnior.
Em um pequeno vilarejo havia um jovem aventureiro, que se chamava Pedro.
Pedro era um rapaz esperto que adorava o meio ambiente, passava a maior parte do dia na floresta, subindo em árvores, brincando com os animais. Pedro não tinha medo de nada, de nenhum animal e adorava nadar em um rio que ficava perto de sua casa.
Certo dia, Pedro estava andando pela floresta, quando viu um movimento estranho, e depois um tiro e um grito de um animal, muito curioso ele foi lá olhar.
Quando chegou no local do tiro, viu muitos homens, todos armados e com motosserras, cortando as árvores, matando e capturando animais.
Pedro chegou à frente dele e disse:
_ Por que estão fazendo isso com os animais e com as árvores?
_ Peguem ele! Falou o líder do bando.
Pedro correu e os homens foram atrás. Preparados para atirar, o líder do bando disse:
_Não airem! Ele será nosso refém! Pois a polícia está atrás de nós!
No tempo que ele estava conversando Pedro subiu em uma árvore e se escondeu. A polícia chegou e prendeu o bando.
Pedro um jovem aventureiro, que amava o meio ambiente, arriscou sua vida por ele.

5 comentários:

  1. Respostas
    1. Querido, isso aqui é circo para ter graça por acaso ? Acho que não.. Se você achou "sem graça" vá procurar um outro conto, ou faça melhor...

      Beijinhos...

      Excluir
    2. TA CERTO ISO AKIII E COISA SERIA QUEM N QUER PRA Q ENTROU AKI E LEU N TEM ND PRA FAZER N CARA GABRIELE GALINA VC TA MAIS DO Q CERTA

      Excluir
    3. cara isto não e um circo e um conto

      Excluir
  2. E aí Bruno, o que acha de fazer melhor???!!!!

    ResponderExcluir